O vazio da Bienal

Tive o prazer de ir à abertura da 28ª Bienal de Artes de São Paulo no sábado com minha amiga Carol Midori. Logo no início, ficamos super entusiasmados pois há um estande onde se pode retirar uma chave da Bienal. Funciona assim, você leva uma chave sua e deixa o cara copiar pra deixar lá, aí ele te dá uma da Bienal (e entrega a sua, lógico). O interessante é que eu vou poder entrar a qualquer hora na Bienal, pois tenho a chave, hahahaha!

Uma das coisas que me impressionou também foi o andar vazio. Mas totalmente vazio mesmo. Protesto dos artistas contra a falta de verbas, confesso que no começo não havia gostado da idéia. Mas quando cheguei e vi aquele andar completamente cheio de ar, fiquei emocionado! Como é lindo, intrigante, como Niemeyer é um gênio com suas formas. Leonardo da Vinci brasileiro, hahaha. É realmente, uma sensação única, não dá pra descrever! Só sentindo aquele lugar, com aquelas luzes….

Outra intervenção cultural bem bacana é a do 3º andar. Lá é possível escolher 8 fotos de um acervo e montar um pequeno livro, com título e tudo! E o acervo tem muitas fotos, e para entrar e não danificá-las, você tem que pôr uma luva! Mas o destaque vai pro Tobogã! Importado da Bienal de Londres, ele vai do 3º andar para o térreo. Uma sensação hilária! Muiiiitooo booom! Ah, os artistas de todas essas obras, eu não me lembro, mas estou com a programação, e a galera que for vai saber também.

Mas uma coisa é certa. Apesar de ter bem menos obras do que a Bienal anterior, a 28ª edição está bárbara! O nome da obra aí de baixo é Drawings, de Allan Mccollum. E a foto foi a Carol quem tirou, hehehe! Ah, já ia me esquecendo! Um grupo de pichadores invadiu o andar do “vazio” no domingo para protestar! Considerei falta de ética, mas a liberdade de expressão deve existir para todos! O que é arte para alguns, não é para os outros! O que importa é a Bienal. Fica aqui o meu convite para abrir a mente, evoluir o pensamento!

Anúncios

Uma resposta para “O vazio da Bienal

  1. Carol Midori

    “Tell me your fucking option” é ótimo!
    hauahuahauahauahauahau

    “Mais” ótimo ainda é ouvir os gritos do Bryan Jonnes descendo o tobogã!

    Adorei!

    Bjus meu querido

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s